Alexandre Ramagem Rodrigues, amigo da Família Bolsonaro, foi confirmado hoje como novo Diretor-Geral da Polícia Federal. O decreto da nomeação já foi publicado no Diário Oficial.

A intervenção de Bolsonaro na Polícia Federal foi o principal motivo alegado por Sérgio Moro para deixar o governo na última sexta-feira (24). Na coletiva de imprensa, Moro afirmou: “falei ao presidente que seria uma interferência política e ele disse que seria mesmo”.

Ramagem é o nome que a deputada federal Carla Zambelli pedia que Moro aceitasse como novo Diretor-Geral da PF: “Por favor, ministro, aceite o Ramagem”.

Alexandre Ramagem chefiou a equipe de segurança de Jair Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018 depois da tentativa de assassinato em Juiz de Fora (MG) e, desde então, se tornou amigo próximo da família do presidente.

Em março de 2019, Ramagem foi nomeado assessor da Secretaria de Governo, pasta que fica no Palácio do Planalto. Em julho, foi escolhido por Bolsonaro para ser diretor da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), vinculada ao gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, comandada pelo ministro Augusto Heleno.

No Réveillon de 2019, Ramagem foi fotografado ao lado de Carlos Bolsonaro, filho do presidente, durante a comemoração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like