A busca de homens homossexuais por parceiros no Tinder virou tema de uma dissertação de mestrado na Universidade Federal do Rio Grande (FURG), localizada na cidade de Rio Grande-RS.

Intitulada “A produção das masculinidades e socioespacialidades de homens que buscam parceiros do mesmo sexo no aplicativo Tinder em Rio Grande-RS”, a dissertação foi realizada por Diego Miranda Nunes com orientação da professora Susana Maria Veleda da Silva do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGeo). A defesa da dissertação será feita no próximo dia 25 de fevereiro no Campus Carreiros.

Segundo resumo do trabalho apresentado no Seminário “Corpus Possíveis no Brasil Profundo”, a pesquisa buscou ” investigar as masculinidades produzidas nos perfis de homens que buscam parceiros do mesmo sexo no aplicativo Tinder” utilizando um formulário online, feito no Google Forms, respondido por 154 homens homossexuais.

Para realizar o estudo, Diego Miranda Nunes recebeu, nos últimos dois anos, uma bolsa de R$ 1.500,00 mensais paga pela “Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior” (CAPES). A orientadora da pesquisa, Susana Maria Veleda da Silva, é uma das responsáveis pela linha de pesquisa “Relações de Gênero na Geografia do Trabalho e da População” do “Núcleo de Análises Urbanas” da FURG.

Diego também foi candidato a vereador de Rio Grande-RS pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em 2016, mas recebeu apenas 410 votos e não eleito.

 

Capa da dissertação de mestrado sobre as buscas de homossexuais por parceiros no Tinder
A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

41 comments
  1. Dissertação defendida hoje, com pompa e circunstância. Obra financiada (com nosso imposto) e reconhecida como sendo “muito contributiva ao estudo da geografia”. É o que é.
    Aplausos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like