Após a aprovação do texto-base da Reforma da Previdência, a Câmara dos Deputados destruiu parte da reforma nesta quinta-feira (11).

Uma emenda vergonhosa aprovada privilegia policiais federais, policiais rodoviários federais, agentes penitenciários e socioeducativos, policiais legislativos e policiais civis do Distrito Federal (que são pagos pela União) que poderão aposentar aos 53 anos com salário integral e paridade.

Para completar a fatura, os deputados aprovaram o Destaque n° 76 do PSB por 445 a 15, reduzindo o tempo de contribuição necessário para que todos os homens do país se aposentem de 20 anos para 15 anos, ou seja, mantendo a regra atual.

A idade para aposentadoria dos homens, por enquanto, está mantida em 65 anos.

A redução da economia prevista com a reforma deve ser grande com esta emenda.

Ainda haverá a votação de outros destaques ao texto-base aprovado, incluindo um destaque para privilegiar professores.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

1 comment
  1. Esses deputados federais deveriam era mesmo criar vergonha na cara tudo tem de pagar eles pra aprovar tudo não são dignos nem se quer de ocupar o cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like