No mais importante passo diplomático dado nos últimos meses para acabar com a ditadura socialista na Venezuela, o presidente dos EUA, Donald Trump, reconheceu o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, como presidente interino da Venezuela.

Em nota divulgada nas redes sociais pelo vice-presidente Mike Pence, Trump lembra que a Assembleia Nacional é a única parte do governo legitimamente eleita, e que ela invocou a constituição da Venezuela para considerar o ditador Nicolás Maduro como ilegítimo no último dia 15. A Assembleia (Congresso venezuelano) foi escolhida em eleições livres pela população em 2015.

No último dia 10, dada em que o ditador Nicolás Maduro assumiu o seu segundo mandato, obtido em eleições fraudulentas onde os opositores foram presos ou impedidos de concorrer, o governo brasileiro também emitiu uma nota considerando Maduro como presidente ilegítimo.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like