No “Big Brother Brasil” de ontem (16), a Rede Globo quebrou o protocolo e anunciou aos participantes do reality show a pandemia do coronavírus.

Em um ato falho, o apresentador Tiago Leifert e o médico infectologista Edimilson Migowski afirmaram aos confinados que “a gente tem 1 óbito só” causado pelo vírus. Minutos depois, Tiago voltou atrás – provavelmente alertado pela produção do programa – e afirmou que “havia um caso grave da infecção, mas que não tinha chegado a óbito”. Tudo isso aconteceu por volta de 22:30.

Hoje (17), a “Folha” foi a primeira a divulgar a informação – às 10:40 – de que realmente houve um óbito causado pela doença. A Globo divulgou a mesma informação minutos depois.

Posteriormente, em coletiva de imprensa realizada às 13 horas, o Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, liderado pelo doutor David Uip, informou que a morte ocorreu às 16:03 de ontem.

Em outras palavras: a Rede Globo sabia desde ontem sobre a morte, chegou a divulgá-la em um ato falho no BBB, mas posteriormente mentiu e omitiu a confirmação da morte até hoje pela manhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like