Justiça Eleitoral faz auditoria nas urnas da Justiça Eleitoral e afirma que não há fraudes admineta

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), órgão da Justiça Eleitoral, fez uma “auditoria” neste sábado (20) nas urnas eletrônicas da Justiça Eleitoral e afirmou que não há fraudes.

A auditoria foi feita após reclamações de eleitores de três seções eleitorais do estado: Belo Horizonte, Betim e Santa Rita do Sapucaí. O ato foi conduzido pela juíza Roberta Fonseca, que preside a Comissão de Auditoria do Voto Eletrônico do Tribunal.

Uma auditoria de verdade, feita por equipes independentes e com livre acesso ao código fonte e ao hardware das urnas, nunca foi autorizada pela Justiça Eleitoral. O Brasil é o único país do mundo que utiliza urnas eletrônicas de primeira geração, consideradas obsoletas em outras partes do mundo.

Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

1 comment
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like