Em coletiva de imprensa realizada hoje (e com transmissão pela Internet), o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, anunciou que a cloroquina terá seu uso ampliado no combate ao novo coronavírus (Covid-19).

“O uso compassivo da cloroquina… Nós estávamos adotando para os (casos) críticos, mas nós vamos adotar também para os graves, aqueles que vão para o hospital, mas ainda não necessitam de UTI. Mesmo que as evidências sejam frágeis”, afirmou Mandetta.

A iniciativa foi tomada após um estudo publicado na New England Journal of Medicine feito com 62 pacientes mostrar “algumas boas aplicações” da cloroquina e hidroxicloroquina no combate ao vírus, ainda que seja um estudo “frágil” (dada a pequena amostra).

6 comments
  1. Esse remédio e usado ha anos e anos pra Malária, lupos e atrite gente. O cientista francês descobriu que ele funciona em caso de coronas. Mandeta está demorando muito. Já devia estar sendo usado em caso graves sem necessidade de UTI. Haja paciência pra.

  2. Não é remédio do Bolsonaro não kkkkkkk é dos franceses. Eles foram os descobridores. E cá pra nós, eu não vi ele declarar isso aí não, hein?

  3. Mandeta tá fazendo corpo mole para usar a cloroquina (remédio do Bolsonaro). Inúmeros relatos de sucesso dos médicos no front da batalha. Política acima de vidas. Fora madenta

  4. Ué! Não há sentido em usar um remédio milagroso, recomendado até pelo Messias em pessoa, para curar apenas uma gripezinha!!!

    1. O seu herói ex-presidário também tratou o H1N1 como um gripezinha, e ainda saqueou o oais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like