Em mais um exemplo de “tolerância e amor” da esquerda, o muro de uma praça na cidade de Planaltina, Distrito Federal, amanheceu pichado com a frase “Morte ao Bolsonaro”. Quando se trata de um candidato que já foi vítima de uma tentativa de assassinato é algo que merece registro.

Ironicamente, o nome da praça homenageia o terrorista comunista Carlos Marighella, onde também há um grafite com a imagem do criminoso.

Muro de praça em Planaltina (DF) é pichado com a frase “Morte ao Bolsonaro”
Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

1 comment
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like