A Petrobras enviou nesta terça (6) uma carta ao escritório de advocacia do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, cancelando o contrato que mantinha com o escritório.

O escritório de Felipe atuava em causas trabalhistas e foi contratado sem licitação. O valor do contrato agora suspenso é de R$ 2,5 milhões.

Felipe Santa Cruz é o ex-filiado e ex-candidato do PT que defende o fim da Lava Jato, chamou advogados de “filhos da p…” nas redes sociais e afirmou que Sergio Moro é “chefe de quadrilha”

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

18 comments
  1. Mero cumprimento do comando legal da lei de licitações.
    Os contratos públicos tem prazo máximo de 5 anos.
    O contrato, no valor de 1,5 milhão de reais, foi firmado em 26/06/2014, durante o governo da presidAnta, portanto foi automaticamente cancelado em 24/06/2019, 30 dias antes do início dos ataques desse do Santa Cruz.

  2. Sem licitação, quem favoreceu?Um bando de vagabundos querendo sujar a dignidade dos outros!Nunca na minha vida imaginava ver tanta gente repugnante ,porcos nojentos !Impressionante essa corja..

  3. está ligeiramente em decadência. Se posicionou erradamente. Agora é sofrer as consequências.

        1. Foi mexer com o lenhador taí o resultado, uma machadada certeira na moleira desse bebê, filho do PT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like