O petista Paulo Henrique Mayer, professor doutor e ex-reitor da UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul), em Laranjeiras do Sul-PR, foi preso após espancar violentamente o enteado de 11 anos por estar na casa do vizinho comemorando a vitória de Jair Bolsonaro.

Mayer, eleitor de Haddad, desferiu socos, pontapés e usou um cabo de reio para agredir a criança. O professor foi solto após pagar fiança de R$ 2,5 mil.

Resultado da agressão do professor petista no enteado de 11 anos que apoia Bolsonaro

Com informações de Fernando Tupan do Bem Paraná

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

108 comments
  1. Crime desse tipo deveria ser inafiançável . O que um cara como esse tem para ensinar ? Tem que ficar preso .vawui deveria ser como nos países desenvolvidos . Prisão perpétua

    1. Tinha que ser um canalha seguidor de um vagabundo ignorante. Se e um filho meu esse canalha iria precisar muito mais que 2,5 para resolver esse problema. Esse menino deve ter um pai, um tio. Não é possível.

  2. ESSE MENINO TEM PAI ,TIO,MÃE OU PRIMO??? SE TIVEREM SACO ROXO VÃO RESOLVER, PORQUE EU JÁ TINHA RESOLVIDO SE FOSSE FILHO MEU, PODE TER CERTEZA .

    1. POIS É AGORA VI ,”ENTEADO”, A MÃE TEM QUE TER RESPONSABILIDADE EM COLOCAR ESSES VAGABUNDOS DENTRO DE CASA . JÁ SAIU ?FICA MELHOR PARA SE RESOLVEREM DE VEZ .

  3. ESSE É O LADO SOCIALISTA DESSE PARTIDO, OU MELHOR, MILÍCIA PETRALHA. ENSINAMENTOS PROVENIENTES DE COMUNISTAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like