Projeto do petista Lindbergh Farias quer acabar com aplicativos de transportes admineta

Um projeto do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) quer acabar com os aplicativos de transportes ao sufocá-los financeiramente.

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 421/2017 limita a comissão cobrada pelos aplicativos a 10% do valor da viagem realizada, seja ela individual ou compartilhada. Como praticamente todos os aplicativos possuem comissões acima deste percentual, isto significaria, na prática, a extinção dos aplicativos.

Segundo Lindbergh, a taxação paga pelos motoristas atualmente é “predatória”, o que justificaria a aprovação do projeto. A relatora, senadora Regina Sousa (PT-PI), recomendou a aprovação do projeto, mas a matéria será analisada pelas Comissões de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e de Assuntos Sociais (CAS), cabendo a esta a votação final.

“É necessário limitar por lei o percentual máximo de cobrança por parte das empresas responsáveis pelos aplicativos de transporte de passageiros, haja vista que a cobrança de valores acima desse teto configura abuso de posição dominante, o que é vedado pela Constituição Federal”, sustentou a petista Regina em seu parecer.

Cabe lembrar que, no ano passado, Lindbergh Farias participou de uma confraternização com taxistas onde deu parabéns ao motorista que agrediu um diretor da Uber dentro do Senado.

Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

59 comments
  1. Fico sem entender as pessoas defendendo esse aplicativo,eles se transformaram na maior empresa de táxi do Brasil sem se quer ter um carro, cobrão uma taxa abusiva de 25% do infeliz que está desempregado e precisa se submeter a esse tipo de exploração dessa empresa que dessa forma fica cada vez mais rica, aí o cara vem com um projeto pra determinar um teto de 10% na taxa com o intuito do pobre coitado do motorista sangrar menos e as pessoas colocam o cara como vilão, realmente não consigo entender.

    1. E o que você acha que vai acontecer quando essa taxa de 10% for implementada? E acima de tudo, o que caralhos o governo tem a ver com a iniciativa privada? Se a idéia dos esquerdopatas é proteger os taxistas sucateando empresas de aplicativo como parece ser a única idéia por trás disso, é muito mais fácil flexibilizarem as regras do táxi para que possam competir melhor com motoristas de aplicativo.

      A única coisa que a esquerda sem cérebro faz com esse tipo de medida é tacar os motoristas de aplicativo novamente na amarga fila do desemprego. Igual fizeram com empregadas domésticas que foram demitidas em massa quando “conseguiram seus direitos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like