Conforme previsto, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) declarou apoio a Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições presidenciais contra Jair Bolsonaro (PSL). As supostas exceções são os diretórios de São Paulo e Distrito Federal, onde a neutralidade será permitida porque o partido disputa o segundo turno da eleição para governador. Entretanto, o candidato do PSB em São Paulo, Marcio França, já declarou que não apoiará Bolsonaro.
Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like