O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, anunciou na última quinta-feira (26) que ele, os ministros do governo e os parlamentares do país deverão ter seus salários reduzidos em 20% para ajudar a combater a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O dinheiro será destinado ao “Fundo Coronavírus”. Além do corte salarial de integrantes do governo e de parlamentares, haverá retenção de 20% do pagamento a diretores de organizações autônomas e serviços descentralizados do país.

O fundo também será abastecido com dinheiro dos salários e dos fundos de pensão de funcionários públicos – inclusive de ex-presidentes da República – que recebem mais de 80.000 pesos mensais (o equivalente a cerca de R$ 9.400). A parcela do desconto deverá ficar entre 5% e 20% da remuneração mensal desse grupo.

“Sabemos que o Uruguai não passa por boa fase e que há inúmeras pessoas que ficaram sem trabalho, inúmeros uruguaios que não têm comida, e que todos temos que empurrar o carro, começando pelos governantes”, afirmou o presidente uruguaio.

Lacalle Pou enfatizou que o desconto não afetará funcionários da saúde e que as medidas valerão por dois meses, podendo ser estendidas se necessário.

Com informações do Deutsche Welle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like