Sem qualquer aviso prévio ou ampla divulgação, a Livraria da Folha fechou no último dia 21 de dezembro.

Ao acessar o site da livraria, os clientes são informados que “no momento não estamos mais operando a atividade de comercio eletrônico”.

Um link para o site da editora do Grupo Folha, o Publifolha, também é fornecido, mas quem deseja comprar um dos livros do grupo recebe uma mensagem de que ele está “à venda nas livrarias”. Nada de compra online.

Livraria da Folha: fechada silenciosamente
A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

14 comments
  1. Lendo os comentários, fica nítida que muitas pessoas têm alguma deficiência de leitura ou de compreensão textual. Não são capazes de compreender esta simples matéria sobre o fechamento de uma livraria. Não é à toa que as livrarias estão fechando as portas: não há de leitores – e, quando há, não entendem o que está escrito.

  2. PAGSEGURO É DA FOLHASP,
    BOICOTEMAS JÁ SE RECUSEM A PASSAR O CARTÃO! ! AÍ LOJISTAS DESISTIRÃO DE ALUGAR A MÁQUINA DO CAPETA!

  3. Por um lado fico triste, que é desemprego de alguns brasileiros e pelo outro lado fico feliz. O folha de são Paulo a muito tempo deixou de cumprir o seu papel de impressa isenta e tornou se o braço militante da esquerda extremista. Em suma: poupava os lobos em detrimento das ovelhas. Deste tipo de jornalismo militante de esquerda o Brasil em sua maioria está vacinado.

  4. A triste realidade é que brasileiro não lê nada maior que um tuíte. Três parágrafos no feice é chamado de textão. Livro é algo estranho ao cotidiano.

  5. Há alguns anos a leitura foi lentamente tirada do currículo escolar das escolas públicas. Ler é ampliar o horizonte do conhecimento, gera cultura que é o principal alicerce de uma sociedade bem estruturada, educada, respeitosa aos direitos e deveres cívicos e morais. Deixo aos pais a sujestão que incentivem seus filhos a conhecer esse mundo fascinante da leitura.
    Roberta Colégio.
    O resultado é a decadência das grandes editoras e livrarias brasileiras, como Saraiva, Cultura e tantas outras.

    1. A decadência se deve aos altos valores praticados em suas lojas física frente ao comércio eletrônico. Os preços altos são tão proibitivos que quase ninguém liga de fazer um download ilegal.

    2. Realmente é uma lástima que a leitura tenha sido negligenciada nas escolas. Lembro que no início do ginásio (5ª a 8ª série) eu era ávido por aprender a diferenciar os estilos literários e isso jamais nos foi fornecido. Era só gramática, decoreba e produções de textos e redações a esmo, sem análises, sem vontade alguma de fazer valer a pena o processo de ensino/aprendizagem. Tive que aprender sozinho o gosto pela literatura.

      Eu queria um empurrãozinho a mais para ter lido um romance lá no ginásio. Não seria difícil, bastava aplicar a parte de literatura da disciplina de português a contento, não apenas para cumprir grade. Os salários não eram bons, eu sei, mas os estudantes não tem culpa. Se alguém quer ser professor, deveria antes ser um apaixonado pelo ofício de ensinar.

  6. Essa Folha tem de ser levada pelo vento. Comprometida e engajada com o governo, que acabou com.o país! Fora Folha!

Deixe uma resposta para Darcy Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like