Na tarde desta terça-feira (3), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que o Brasil possuía 16.538.988 domicílios com acesso à TV paga em julho deste ano, queda de 1.327.427 assinantes em relação ao mesmo mês do ano passado.

A principal empresa fornecedora de serviços de TV por assinatura foi a Claro (NET) com 49,34% do mercado (8.160.838 assinantes), seguida pela Sky com 30,04% do mercado (4.968.445 assinantes). A Oi ocupa o terceiro lugar no mercado com 1.572.433 contratos (9,50% do mercado) e por último a Vivo com 1.434.641 contratos (8,67%).

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

5 comments
  1. Pacotes com canais que ninguém quer e preço elevado. Deixei de assinar há 5 anos. Agora vejo Netflix e YouTube.

  2. Muito difícil programas repetidos vc não pode escolher os canais querem vender o que eles querem não tem como escolher tenho net acho caro já estou pensando em cortar a TV

  3. Só 1.3 milhões de assinantes por ano ? Tá pouco, visto a péssima qualidade dos serviços prestados e o valor absurdo dos planos. O problema é que o brasileiro e burro e acomodado. A IPTV está chegando com força total, o que irá obrigar essas operadoras de TV a rever suas estratégias de negócio.

  4. Só passa as mesma programação filmes todos os repetidos não tem nada de novo uma qualidade que você passa vinte anos sem ver e assistir mesma coisa os canais tão péssimo parece que a gente tem que simplesmente aceitar o que eles querem passar para gente não vale a pena

  5. Programas repetidos até a exaustão, melhores programas são em horários péssimos! E o preço acaba se tornando caro pois quase não tem programação inédita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like