O socialista invasor Guilherme Boulos (PSOL) e a comunista Manuela D’Ávila (PCdoB) conseguiram uma proeza: perderam até mesmo para a abstenção.

Em São Paulo, o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) teve 3,1 milhões de votos. Cerca de 2,7 milhões de eleitores preferiam se abster de votar. Já Guilherme Boulos (PSOL) teve 2,1 milhões de votos.

Já em Porto Alegre, o ex-vice-prefeito Sebastião Melo (MDB) teve 370 mil votos. Cerca de 355 mil eleitores preferiram a abstenção. E Manuela D’Avila (PCdoB) teve 307 mil votos.

5 comments
  1. Digno de espanto, se bem que vulgaríssimo, e tão doloroso quanto
    impressionante, é ver milhões de homens a servir, miseravelmente
    curvados ao peso do jugo, esmagados não por uma força muito grande, hercúlea,
    mas aparentemente dominados e encantados apenas pelo nome de um só
    homem [lula] cujo poder não deveria assustá-los, visto que é um só (lula –, o vigarista apedeuta).
    O PT é cafona e barango.
    O que é sustentável para o Brasil:
    educação de alto nível. Alta cultura.

  2. Boulos e manu não passam nem em um teste psicotécnico. Se ganharem uma eleição e pq a maioria da cidade q apoiam também não passam. Triste realidade do Brasil.

Deixe um comentário para Fernando Postalli Rodrigues Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You May Also Like