Pesquisa Ibope e a farsa da “virada” de Fernando Haddad na cidade de São Paulo admineta

Nesta quarta-feira (24), os “jornalistas” se esbaldaram com um trecho da pesquisa Ibope onde Fernando Haddad (PT) teria “ultrapassado” Jair Bolsonaro (PSL) na cidade de São Paulo. A informação foi primeiramente divulgada por um blogueiro da Veja e posteriormente replicada por UOL, O Globo, Poder360 e afins, e, claro, foi parar na propaganda petista. Mas será mesmo que dá para afirmar isso?

Na verdade, NÃO É BEM ASSIM. Como a pesquisa foi feita com apenas 413 pessoas na cidade (print abaixo), a margem de erro não é de 3 pontos percentuais como afirmou a Veja; esta é a margem da pesquisa estadual com 1512 entrevistados. A capital paulista possui 9,052 milhões de eleitores, logo uma amostra tão pequena possui erro amostral de 4,8% na cidade. Neste link você pode entender mais sobre o cálculo da amostra.

Em outras palavras, Haddad pode ter entre 46,2% e 55,8% enquanto Bolsonaro pode ter entre 44,2% e 53,8%. Ou seja: o dado é irrelevante para dizer que houve uma “virada”. Seria necessário fazer uma pesquisa somente na cidade de São Paulo, com uma amostra maior (1067 pessoas para ter margem de erro de 3%, por exemplo) para que fosse possível apontar algo sobre a situação eleitoral da cidade com maior confiabilidade.

Cabe lembrar que Haddad teve 19,7% dos votos paulistanos no primeiro turno contra 44,58% de Bolsonaro.

Outra coisa estranha no recorte da pesquisa Ibope é uma coluna “periferia” separada da “capital”, provavelmente para indicar as outras cidades da Grande São Paulo. Entretanto, a cidade de São Paulo também possui uma “periferia”, o que deixa margem para dúvidas sobre o significado do termo e a segmentação na pesquisa Ibope.

Recorte da pesquisa Ibope em SP usado pelos “jornalistas”: amostra é pequena na cidade, o que faz a margem de erro subir e torna o dado irrelevante
Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

5 comments
  1. BOSSONARO BOSSONARO BOSSONARO SERÁ NOSSO PRESIDENTE SOU PROFESSORA NÃO COMUNISTA. ONTEM ASSISTIR NOI JORNAL MAIS UMA PROFESSORA Q APANHOU DO ALUNO TODA QUEBRADA E HUMIKHADA….VOTO BOSSONARO PORQUÊ ESPERO UM OLHAR MAIS FIXAFO P EDUCAÇÃO DESSE PAÍS E VEJO NECESSIDADE DA INTERVENÇÃO MILITAR .ENTRE OUTRAS NECESSIDADES..VOTO BOSSONARO M CONQUISTOU PELA OUSADIA EM DESAFIAR SOZINHO A MAIOR FACÇÃO CRIMINOSA DO NOSSO PAÍS…..FICO PERPLEXA DIANTES DOS FATOS PERGUNTO NÃO ENTENDO QUE PAÍS E ESTE QUE VOTA EM PRESIDIÁRIO ………MAS AO MESMO TEMPO PERCEBO O PODER DE DEMAGOGIA E PERSUASÃO Q LULA CONSEGUIO OU POSSUI P INFLUENCIAR A CAMADA DA SOCIEDADE SEUS SEGDIRES…….PROF.SILVA LOBATO.BELEM.PA.BRASIL.

  2. Pelo meus cálculos, sendo válida essa pesquisa, São Paulo engloba capital + periferia, o que mostra 55% Bolsonaro a 45% Mhalddad. Que partido de bandidos. Tudo para enganar o povo mais simples. Fora que se colocar capital sendo a maioria no centro, dependendo do horário a maior parte e pessoas que não tem ocupação, e vivem de esmolas dadas pelo PT nas ruas. Fácil entender esse resultado fajuto.

    1. A UOL escolheu petralhas para fazer a pesquisa. Uma pessoa que votou em Bolsonaro fez a pesquisa e cotou que o jornalista da UOL estava escolhendo ˜pessoas~ na rua. Até rejeitou alguns que queriam participar.

  3. Vocês esqueceram de olhar o dado mais importante:
    Na realidade a votação na cidade de São Paulo foi 45 x 20! Porém olhem como votaram os entrevistados:
    Bolso 30 x 27 Haddad!!
    Isso já desmascara o resultado!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like