A “lei Lula livre”, aberração aprovada na noite de ontem (03) pela Câmara, contou com o apoio direto de parte da bancada do PSL, partido do governo.

Nada menos que dez deputados do partido votaram a favor do projeto: Abou Anni (SP), Coronel Chrisóstomo (RO), Delegado Marcelo Freitas (MG), Delegado Waldir (GO, líder do partido na Câmara), Dr. Luiz Ovando (MS), Julian Lemos (PB), Lourival Gomes (RJ), Marcelo Brum (RS), Nereu Crispim (RS) e Professora Dayane Pimentel (BA).

Na votação o PSL conseguiu ser pior do que o PDT de Ciro Gomes, onde quase todos os deputados optaram por não participar da votação.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

11 comments
  1. José Canuto Velloso da Silveira Junior Zélia Maria Marques Velloso da Silveira disse:

    Esse PSL é uma vergonha, por isso Bolsonaro disse que não pertence a esse lixo.
    Só serviu para ele se eleger, infelizmente, um monte de aproveitadores pegaram carona na onda dele.

  2. Uma leva de deputados canalhas, pulhas e com foco na corrupção deveria ser expulso do PSL.
    Não valem o ar que respiram.
    Principalmente esses que se intitulam policiais ou das forças armadas.
    Deveriam ter um.minimo de vergonha na cara

  3. Um absurdo votar esse projeto Lula livre o governo precisa ter cuidado com o seu partido ultimamente está fazendo feio com esse projeto a lava jato enfraquece um absurdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like