A repercussão negativa do clipe “Proibido o Carnaval”, de Daniela Mercury e Caetano Veloso, continua.

Além de alcançar mais de 317 mil descurtir no vídeo (quase o triplo do número de curtir), os responsáveis pelo clipe no Youtube desativaram os comentários para evitar que mais pessoas criticassem o vídeo.

Ironicamente, a música fala contra uma suposta “censura” ao Carnaval, uma daquelas coisas que só existe na cabeça dos lacradores “ele não” que fizeram o clipe.

A”resistência” não resiste a comentários negativos.

26 comments
  1. Triste Bahia, que assiste a decadência de seus artistas de forma mais ridicula possível.😢😭
    Quanto a desativação dos comentarios, eu pergunto: onde está o direito de livre expressão ?
    Que resistência michuruca kkkkkk

    1. Vocês são comediantes é não cantores ! Kkkk pois ainda não aprendeu que não se brinca com coisa séria,
      Carnaval é uma festa que SÓ interessa aos foliões, mas com O dinheiro de cada um e não com o dinheiro sofrido do povo trabalhador que luta para sobreviver!
      O povão acordou !.agora não engole sapo ensaboado , chega de farra com o dinheiro que é nosso ! Acabou a festa , não somos retardados acordamos é não vamos
      Cair nas suas arapuca , temos fé que o nosso Presidente da República JAIR BOLSONARO irá fazer todo possível para incentivar vocês artistas a trabalharem sem precisar do nosso dinheiro! Agora acorda vocês kkkkk.

  2. Dois artistas mortos… fui a um show dela ha 20 anos atrás, foi divertido… ali só estava a artista! Hoje não iria. Sabendo que não produz mais nada que presta e que além disso não consegue separar a militância do seu profissional.
    Ha dois anos fui no show do Caetano… o pior show da minha vida! Me senti um Alien no meio a casais gays (na grande maioria mulheres) que soltavam gritinhos quando ele rebolava e levantava a camisa. Música que é bom nada! Só no final que resolveu cantar alguns sucessos antigos… eu e minha esposa já estávamos na porta e escutamos de longe.
    Uma pena ver dois artistas talentosos ENGOLIDOS por ideologias e atitudes grotescas que afastam o público que talvez consumissem seu conteúdo artístico mas que não vai “consumir” seu conteúdo ativista. R. I. P. Daniela e Caetano

  3. Excelente análise. Comparto da ideia de que o artista precisa ser separado da sua obra, mas nesse caso a situação é critica. Música ruim, letra péssima e coreografias e cenarios paupérrimos. Nota zero!

  4. Me dei o trabalho de assistir o clipe e ouvir a música até o final. É preciso saber separar o artista da obra: a posição política dela vale todos os deslikes do mundo, mas a música não tem nada a ver com isso – ela merece, também, cada um dos deslikes, porque é ruim, simplesmente isso.

    Uma música sem alma, feita sob medida pra “lacrar”. Foi feita por humanos, mas bem que poderia ter sido feita por um algoritmo. Não vem do coração. Que saudades de “o amor de Julieta e Romeu / igualzinho o meu e o seu”… RIP Daniela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like