O advogado do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Frederick Wassef, comemorou nesta terça-feira (16) a decisão do ministro Dias Toffoli, presidente do STF, que suspendeu os inquéritos que tramitam em todas as instâncias da Justiça que tenham partido de dados compartilhados por órgãos de controle fornecidos ao Ministério Público sem prévia autorização judicial.  O pedido foi feito pela defesa de Flávio.

“O presidente do STF, no dia de hoje, apenas cumpriu a lei e fez justiça. Nada mais. Numa decisão, que, na verdade, vale para todos os brasileiros. Não é uma decisão para o Flávio Bolsonaro. É uma decisão para o Brasil”, disse Wassef.

Um desses órgãos é o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), responsável por relatórios que levaram à investigação de Flavio Bolsonaro

Segundo o coordenador da Lava Jato no Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, Eduardo El Hage, a decisão de Toffoli “suspenderá praticamente todas as investigações de lavagem de dinheiro no Brasil”.

De acordo com a decisão de Toffoli, todos os processos que contêm provas obtidas pelo Fisco e pelo Coaf sem autorização judicial devem esperar decisão definitiva do plenário da Corte, a ser tomada somente no dia 21 de novembro.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

1 comment
  1. Ridículo. Sou Jair Bolsonaro, mas espero que essa decisão caia e que esse Flávio e esse advogado fiquem com cara de palhaços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like