No país do Estatuto do Desarmamento, a deputada federal e vice-líder do governo na Câmara, Major Fabiana (PSL-RJ), teve uma ideia “genial” para reduzir os assaltos: criminalizar as armas de brinquedo também.

Por meio do Projeto de Lei n° 1444/2019, a deputada quer tornar crime “possuir ou manter sob sua guarda, portar, deter, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, ceder, emprestar, remeter, empregar ou ocultar simulacro ou réplica de arma de fogo”. O PL também inclui as armas de pressão que não possuam sinais identificadores.

Na justificativa do projeto, Major Fabiana menciona que “40% dos assaltos são praticados por simulacros, segundo dados do Ministério Público” e uma matéria do Estadão que mostra “armas falsas vendidas livremente em lojas físicas e online”.

No fantástico mundo da deputada, os bandidos não respeitam nem o Código Penal e o Estatuto do Desarmamento atuais, mas respeitarão o novo projeto caso seja aprovado.

Precisamos da sua ajuda para que a Reforma da Previdência de 1 trilhão seja aprovada. Clique aqui

89 comments
  1. A ideia de aumentar a punição para assaltantes que usam réplicas de armas é perfeita. Mas a lei da forma que está, criminalizará simplesmente o porte.

    É como se a Illona Szabó tivesse elaborado o texto dessa lei. É a cara da esquerda que problematiza o gesto de arminha do Bolsonaro e acredita de pé junto que o emoji do revólver incentivava a violência.

  2. Eu sou policial,

    a princípio achei que era um projeto besta, sem pé sem cab cá, mas eu fui a fundo e descobri que se trata de um bom projeto.

    Como eu disse, eu sou policial, e prendi várias vezes elementos com simulacros, onde se vê notadamente que a intenção era usar para a prática criminosa, porém fomos rápidos e pegamos antes de conseguir fazer o crime… só que chegando na delegacia é só pra perder tempo, porque entra em um minuto e pouco depois já está soltissimo da silva; esse projeto visa PUNIR essas pessoas de verdade, inibindo essa pratica…

    SOU FAN DO CANETA, MAS DEU UMA VACILADA AGORA!!! esquerdizou sem perceber.

  3. Que jornalistas estupidos, chamar um projeto de lei, “ideia genial”. Se chama projeto, fruto de pesquisa e investigaçào PARA O BEM PUBLICO. IDEIA GENIAL È O QUE TE SALTA EM MENTE QUANDO VOCE ESTA LAVANDO PRATOS!

    1. Nada! Se chama “burrice mesmo”. A esquerda passou 15 anos problematizando as armas, da pistolinha de dardos do garoto de 8 anos a pistola .45 do coronel veterano da II Guerra Mundial. Esse PL aprimora a problematização.

      Aí chega essa deputada e tem essa ideia. 50 minutos de conversa com o Jair Bolsonaro e o Bene Barbosa farão ela ver o tamanho da merda de ideia que ela teve.

      Pede pra sair Peppa!!!

  4. Alice in Wonderland. Se a Câmara perder tempo em pautar essa aberração para debate, podemos fechar o Brasil para o balanço definitivo! Em que mundo vive uma criatura capaz de propor um absurdo desses? Isso é uma amostra da “preocupação com a segurança pública” da parte dos nossos representantes?

  5. Aproveita e proíbe posse ou porte de estilingue, também! Só pode ser fake news! E os meninos só deverão brincar com bonecas, a partir da aprovação dessa aberração que só doidos varridos poderão levar a sério! SOCORRO, deputado Bolsonaro!!!

  6. Parabéns !!!

    Até que enfim alguém pensou nisso.

    Bandido assalta com arma de brinquedo e se for preso não dá em nada. Agora sim.

    PARABÉNS AO CANETA.ORG por destacar essa atitude da deputada.

    1. Equívoco amigão. Se ele assalta com arma de brinquedo, ele é preso por roubo, como se verdadeiramente armado estivesse. O que nao da nada e ela quer mudar, é estar na rua com uma dessa e ser parado. E ser preso como se estivesse com uma de verdade….

  7. PARABÉNS!!!

    É difícil fazer isso. Até que enfim alguém pensou.

    Bandido assalta com arma de brinquedo ( réplica ) e quando é preso não dá em nada.

    1. Lembra das problematizações que a esquerda fazia com as armas de brinquedo?

      Pois bem, a deputada realizou o sonho da esquerda. Se antes era maravilhoso viver num país onde andar armado (ou ter uma arma) é (ou era) crime (levando em conta a revogação do Estatuto do Desarmamento), viver num país onde ter uma Airsoft ou um revólver Lawman (aquele do Rambo que era achado em camelôs) também é crime, vai ser a nova Shangri-La comunista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like