Em editorial publicado nesta quarta-feira (26), a “Folha de São Paulo” admitiu que as matérias do site de extrema-esquerda Intercept – com supostas mensagens obtidas de forma criminosa e que não passaram por qualquer perícia – não mostram condutas ilícitas do então juiz Sérgio Moro ou dos procuradores da Lava Jato.

“As conversas até aqui divulgadas não mostraram, de modo inquestionável, condutas ilícitas de Moro ou dos procuradores”, afirma o editorial.

Cabe lembrar que a Folha se aliou ao site extremista para publicar novos trechos das supostas mensagens roubadas no último domingo, dia de maior circulação do “jornal”.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like