O “diz leitor” da Folha atacou novamente nesta segunda-feira (04).

O destaque do “Painel do Leitor” de hoje é o texto de Vicente Limongi Netto. Segundo ele, “Renan Calheiros foi vítima da ‘nova política’ implantada pelo governo Bolsonaro”.

Limongi vai além: “Renan não merecia ser tratado de forma sórdida e covarde pelos fantoches do Planalto, levando-o a desistir da disputa. Como presidente do Senado, ele jamais permitiu que o Legislativo fosse ultrajado em suas prerrogativas e independência.”

O tal “leitor” da Folha conhece bem Renan Calheiros. Vicente Limongi Netto foi assessor comissionado de outro senador, Fernando Collor, de 2009 a 2013, quando se aposentou. Hoje ele recebe mais de R$ 30 mil por mês de aposentadoria.

Collor e Renan são do mesmo estado, Alagoas, e eram aliados no período em que Limongi trabalhou como assessor de Collor.

Aliás, Vicente é parente de Analice Pimentel Pinheiro, chefe de gabinete do então senador Marconi Perillo (PSDB-GO), e chegou a ser exonerado no dia 24 de outubro de 2008 após o Supremo Tribunal Federal (STF) proibir o nepotismo. Entretanto, menos de quatro meses depois, no dia 13 de fevereiro de 2009, ele retornou ao Senado como assessor comissionado de Collor.

Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

30 comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like