Em mais um exemplo de artista rouanet, a cantora Gal Costa poderá obter quase R$ 1 milhão de reais dos pagadores de impostos brasileiros para realizar uma turnê por meio da Lei Rouanet.

Apoiadora declarada do petista Fernando Haddad, Gal poderá captar recursos até outubro de 2019 para financiar os shows. Dos R$ 962,8 mil aprovados para captação, foram captados até o momento exatos 10% (R$ 96,28 mil) de impostos destinados pela Icatu-Hartford Capitalização.

Esta não é a primeira vez que a cantora rouanet financia seus shows com o dinheiro alheio: uma turnê de sete shows da cantora captou R$ 660 mil de impostos entre 2014 e 2015 também via Lei Rouanet. Na época, as empresas que destinaram os impostos foram Natura (R$ 560 mil) e Hospital Santa Lúcia (R$ 100 mil).

A Lei Rouanet é uma forma de renúncia fiscal em que o governo permite que as empresas destinem impostos (embutidos nos produtos e serviços das empresas, ou seja, pagos pelos pagadores de impostos) a projetos culturais aprovados pelo governo. Além disso, como o dinheiro não entra no caixa do governo, o Executivo tem que arrecadar impostos de outras áreas para compensar a arrecadação perdida com a Lei Rouanet.

Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

1 comment
  1. JÁ PASSOU DA HORA DE ACABAR COM ESSA MAMATA. IDEAL SERIA SÓ INCENTIVAR ARTISTAS POPULARES INICIANTES. ISSO NÃO DEIXA DE SER UMA FORMA AUTORIZADA DE ROUBAR O DINHEIRO PÚBLICO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like