Patrícia Campos Mello,  jornalista autora da matéria “Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp”, publicada pela Folha nesta quinta-feira (18) com denúncias – sem quaisquer fontes – contra as campanhas  de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República e Romeu Zema (NOVO) para governador de Minas Gerais, é de esquerda e “sempre votou no PT”. É o que a própria jornalista afirma em entrevista realizada em 2013 e obtida pela Caneta (vídeo abaixo).

Patrícia é filha do jornalista e fotógrafo Hélio Campos Mello, fundador da revista Brasileiros e co-fundador da revista IstoÉ junto com Mino Carta, criador da revista de extrema-esquerda Carta Capital.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

36 comments
  1. Essa rabula até hoje não provou nada do que publicou durante o segundo turno! Notícia mais falsa impossível. ALÔ GAROTA1 DESMORALIZOU-SE!

  2. Até que enfim o UOL notícia reconhece sua posição de esquerda.
    Diante dos fatos e das verdades ficam com medo e tentam tampar o sol com peneira.
    Não vai adiantar .

  3. Arrumem uma vaga no primeiro vôo pra VENEZUELA, e mandem essa senhora fazer uma reportagem sobre as mortes dos cachorros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like