Em discurso realizado após o presidente da Assembleia Nacional venezuelana, Juan Guaidó, fazer o juramento como presidente interino do pais, o ditador socialista Nicolás Maduro afirmou que “aqui ninguém se rende, aqui vamos ao combate, vamos à vitória!”.

Maduro prometeu “defender a soberania com toda a força nacional bolivariana” contra o “golpe de estado patrocinado pelo império norte-americano”, e incentivou os chavistas a se armarem para “máxima mobilização e combatividade popular permanente”.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like