Uma análise baseada nas pesquisas do Ibope e do Datafolha feita pelo matemático Sérgio Wechsler, professor da Universidade de São Paulo (USP) e PhD em Estatística pela Universidade de Berkeley, afirmou que Fernando Haddad (PT) teria 99,96% de chances de ser eleito o novo presidente do Brasil no segundo turno. O “estudo” foi divulgado há três semanas por Gester Oliveira, ex-presidente do Cade durante o governo FHC, em sua coluna no UOL.

No relatório encomendado pela consultoria GO Associados (controlada por Gester), o professor Wechsler analisou as pesquisas divulgadas até 24 de setembro. Segundo ele, havia 76% de probabilidade de um segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) – nisso ele acertou. O problema foi a previsão posterior:

“No 2º. turno, Bolsonaro perderia para Fernando Haddad: o candidato petista tem formidáveis 99,96% de chances de bater Bolsonaro na disputa final. Considerados os dois turnos, Haddad tem 99,4% de probabilidade de ser o próximo presidente da República”, disse o professor da USP, que utilizou a abordagem bayesiana para construir a matriz de probabilidades. Ainda segundo o matemático, Bolsonaro teria “reduzidíssimas chances de ser eleito” e até Ciro Gomes teria “mais chance que Bolsonaro de subir a rampa”.

Três semanas depois, a pesquisa Ibope mais recente, divulgada ontem (15), mostrou que Bolsonaro tem 59% das intenções de votos válidos contra 41% de Haddad.

Chance dos candidatos serem eleitos segundo a análise do professor de matemática da USP: sugundo ele, Bolsonaro tinha apenas 0,04% de chance de ser eleito presidente
Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

45 comments
  1. Esse “matemático” tem muito é o quê o boi tem. Ele é ridículo!!! é uma vergonha nacional como os institutos de pesquisa e a imprensa é a mesma coisa. Tudo farinha do mesmo saco.

  2. Ele trabalha pra os institutos IBOPE e DataFolha, por isso esses institutos sabem menos que alunos formados nas escolas do PT. O IBOPE fez uma pesquisa a 3 dias do 2° turno com Haddad na frente de Bolsonaro na cidade de São Paulo com 51×49% na apuração deu 63% para o Bolsonaro, nunca mudou, o que aconteceu foi o que vimos desses institutos a campanha inteira, Fraudes!!! Agora tem que vir a punição.

  3. Nem da p/chamar uma merda dessas de matemático ne?é sim o pai da inbecilidade puta que pariu se outros formados pela USP seguem essa linha ai ja viu que credibilidade terão?

  4. Meu Deus que Matemático é esse? Sera que ele estudou na Escola de Formação do Lula? Ah! Esse ai é PHD em porcaria nenhuma viu? Vai ser matemático e petista na puta que pariu.

  5. Mais um petista burro!! Eu sinceramente não sei o que se passa na cabeça de um petista, não sei em que mundo que vive esse povo ignorante e mentirosos..
    Meu Deus!

  6. Dessa vez, Epicuro, Aristarco, Euclides, Thales de mileto se remexeram no túmulo. Caraca….. USP, Berkeley…. e eu acreditando na seriedade desses “excelentes centros do saber e do livre pensar… “

  7. ESSES PATIFES SÓ ESQUECEM QUE PESSOAS NÃO SÃO NÚMEROS FOI AÍ QUE SE FUDERAM ACHAVAM QUE IAM CONSEGUOR FRAUDAR AS URNAS EM SEU FAVOR EM 100% O MÁXIMO QUE CONSEGUIRAM FRAUDAR FOI 50 % E MESMO ASSIM SE FERRARAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like