O movimento terrorista MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) realizou 8 invasões de terras no 1º semestre de 2019, mostrando uma tendência de queda da quantidade de invasões em relação a 2018 (quando 25 áreas foram invadidas).

Em entrevista ao Poder360, Alexandre Conceição, integrante da direção nacional do MST, admitiu que houve menos invasões por medo do governo atual. “Tudo” que o governo de Jair Bolsonaro quer é “massacrar os trabalhadores”, afirmou Alexandre.

Na última terça-feira (20), Bolsonaro comparou o MST ao grupo terrorista Hezbollah. “São grupos terroristas, como o MST, para mim, também é grupo terrorista. Os caras levam o terror no campo aqui. Queimam propriedades. Desestimula o homem do campo a produzir. É no Brasil todo, essa praga do MST”, afirmou o presidente.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

1 comment
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like