Os pedidos de abertura de novos sindicatos caíram drasticamente após o fim do imposto sindical desde que a Reforma Trabalhista entrou em vigor (novembro de 2017).

Dados do Cadastro Nacional de Entidades Sindicais do Ministério da Economia mostram que 176 registros foram solicitados este ano até meados de agosto, uma queda de 78% em relação à media de pedidos nos anos anteriores à reforma (800).

O dado repete tendência verificada em 2018, primeiro ano completo após a Reforma Trabalhista, quando apenas 470 solicitações foram registradas e 174 pedidos foram concedidos. Neste ano, 106 sindicatos foram aprovados pelo ministério.

A guerra pela aprovação da Reforma da Previdência continua. Faça parte: clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like