Ocorreu na quinta-feira da semana passada (18) uma assembleia dos “estudantes” de esquerda da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para “combater o fascismo” por meio de uma “greve estudantil” (?). Iniciada ao meio-dia, a assembleia teve mais de 800 presentes de todas as vertentes socialistas possíveis. Entretanto, quem roubou a cena foi um eleitor de Jair Bolsonaro (PSL). Em Santa Catarina, Bolsonaro teve 65% dos votos válidos contra 15% de Haddad no primeiro turno.

Enoch Amorim, estudante da UFSC e pedreiro, se inscreveu para falar e deu um show. “Deixa eu só dizer uma coisa: eu não estou aqui na identidade de aluno da UFSC. Eu tenho a carteira assinada, sete anos de pedreiro, eu estou aqui na identidade de contribuinte. E eu queria dizer pra vocês: vão estudar! Vão estudar! É a coisa que vocês têm que fazer. A propositiva dessa universidade é para que nós estudemos, não é para fazer uma corja! Uma corja que vai fazer politicagem! Nós devemos pensar política e não praticar política! Isso é uma vergonha!”, afirmou o pedreiro sob reclamações dos presentes.

E continuou: “Isso é uma vergonha! Eu como contribuinte, eu como contribuinte tenho sido onerado por vocês que não estudam, que perdem tempo fazendo coisas que não convém com a conduta de quem estuda nesta universidade, certo?”. Por fim, desafiou um dos falantes anteriores: “E eu quero dizer ao amigo que falou que me estrangularia, o pescoço está aqui ó, eu sou um dos 65% de fascistas que votou no Bolsonaro! Vote Haddad 17! Eu serei resistência!”, terminou o pedreiro, sob vaias dos esquerdosos presentes.

O apoiador de Bolsonaro, entretanto, não se incomodou e ainda saiu fazendo um coração com a mão. Confira o vídeo completo:

Contribua com o trabalho da Agência Caneta: clique aqui

6 comments
  1. Falou tudo, estudam de graça e ao invés de fazer bom uso do dinheiro público usam para quê??? Aíesquerda uma pessoa humilde que não foi contaminada por ideologias COMUNISTAS. Acorda BRASIL. Ah.. já acordamos falta só uma parte.

  2. De fato, eles não querem ver o Brasil livre dos tentáculos da Corrupção. Esses estudantes apoiadores de lula, serão com certeza os futuros desempregados dessa nação.

  3. “Isso é uma vergonha! Eu como contribuinte, eu como contribuinte tenho sido onerado por vocês que não estudam, que perdem tempo fazendo coisas que não convém com a conduta de quem estuda nesta universidade, certo? E eu quero dizer ao amigo que falou que me estrangularia, o pescoço está aqui ó, eu sou um dos 65% de fascistas que votou no Bolsonaro!” Mandou o Pedreiro trabalhador brasileiro na cara dos estudantes esquerdinhas filhinhos de papai. Aplausos para este Brasileiro! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like